Pedro Parente pede demissão da Presidência da Petrobras

Engenheiro de 65 anos ficou 2 anos no cargo da estatal

Pedro Parente pede demissão da Presidência da Petrobras (foto: EPA)
20:54, 01 JunSÃO PAULO ZBF

(ANSA) - O presidente da Petrobras, Pedro Parente, pediu demissão do cargo nesta sexta-feira (1), após enviar uma carta de demissão ao presidente Michel Temer.

Segundo um comunicado da Petrobras, Conselho de Administração da estatal irá examinar a nomeação de um CEO interino ao longo do dia. Ainda de acordo com a companhia, a diretoria executiva da Petrobras não sofrerá nenhuma alteração.

"Minha permanência na Petrobras deixou de ser positiva para a construção de alternativas. Não serei empecilho para que essas alternativas sejam discutidas. Apresentou meu pedido de demissão em caráter irrevogável e irretratável", disse Parente em sua carta de demissão.

Na presidência da Petrobras desde o início do governo Michel Temer, em 2016, o engenheiro de 65 anos sofreu uma grande pressão política com a greve dos caminhoneiros, que pediam a redução dos preços da companhia sobre os combustíveis.

Substituto

O conselho de administração da Petrobras aprovou Ivan de Souza Monteiro, atual diretor financeiro da estatal, como presidente interino da empresa, no lugar de Pedro Parente.

Monteiro está na Petrobras desde a chegada de Aldemir Bendine, presidente da companhia no segundo mandato de Dilma Rousseff, e foi vice-presidente financeiro do Banco do Brasil entre 2009 e 2015.

Apesar de a aprovação ser provisória, Temer já recomendou a efetivação de Monteiro no cargo. "Comunico que, escolhido hoje como interino, Ivan Monteiro, que é diretor da Petrobras, será recomendado ao conselho de administração para ser efetivado na presidência da Petrobras", afirmou o chefe de Estado, reforçando que não mudará a política de preços da companhia.

"Aproveito para reafirmar que meu governo mantém o compromisso para recuperação da saúde financeira da companhia nestes dois anos. Declaro também que não haverá qualquer interferência na política de preços da companhia", disse. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA