Senado dos EUA aprova moção contra guerra comercial de Trump

Texto pede aval do Congresso antes de novas tarifas

Senado dos EUA aprova moção contra guerra comercial de Trump
Senado dos EUA aprova moção contra guerra comercial de Trump (foto: EPA)
21:10, 11 JulWASHINGTON ZLR

(ANSA) - O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta quarta-feira (11) uma moção não-vinculante que pede para o presidente Donald Trump obter autorização do Congresso antes de impor novas tarifas alfandegárias invocando a "segurança nacional".

O texto passou com placar de 88 a 11, um dia depois de os senadores terem aprovado uma moção em defesa da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), criticada por Trump. O documento antitarifas foi escrito pelos republicanos Bob Corker e Pat Toomey e pode ser o primeiro passo para uma lei sobre a matéria.

"Para sermos claros, esta é uma repreensão pelo abuso da autoridade comercial por parte do presidente", declarou o senador republicano Jeff Flake, um dos mais críticos em relação a Trump. "Imaginem-se no lugar do Canadá, ouvindo que o aço e o alumínio exportados aos EUA são uma ameaça à segurança nacional", acrescentou.

A moção chega após a imprensa norte-americana publicar notícias sobre uma suposta lista de produtos chineses que serão sobretaxados a partir de setembro, em uma medida avaliada em US$ 200 bilhões.

Em 2018, Trump deflagrou uma guerra comercial contra o gigante asiático, a União Europeia e até o Canadá, seu tradicional aliado. A principal medida até aqui é uma tarifação extra de 25% sobre o aço e de 10% sobre o alumínio. Para justificar os novos impostos, Trump usou o argumento de proteger a "segurança nacional". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA