Fórum empresarial do G20 toma como exemplo o 'Elite'

Programa oferece apoio para crescimento e acesso aos mercados

Luca Peyrano, CEO do
Luca Peyrano, CEO do "Elite". (foto: Ansa)
14:55, 05 OutMILÃO ZFD

(ANSA) - O programa de apoio financeiro "Elite" tornou-se um modelo global como suporte para o crescimento e ao acesso ao mercado de capitais para as empresas, a ponto de o B20, o fórum empresarial do G20, incluí-lo como exemplo em relatório que será distribuído a líderes de governos nesta sexta-feira (5), em Buenos Aires.

Lançado em 2012, o Elite é um programa exclusivo de apoio financeiro e captação de capitais do London Stock Exchange Group, liderado pelo CEO Luca Peyrano, que ajuda pequenas e médias empresas em todo o mundo na preparação e estruturação para investimentos externos, além de potencializar as fases seguintes de seu desenvolvimento e assessorá-las para atingir o mercado de capitais.

Trata-se de um programa prático que oferece o gerenciamento de uma rede de apoio global e fornece os instrumentos para acelerar o crescimento dos negócios. O "Elite" disponibiliza às empresas uma plataforma própria para captar capitais como ações, dívidas e investimentos conversíveis de uma ampla gama de opções.

Mais de 900 empresas de 32 países fazem parte da comunidade da "Elite", que reúne uma receita de mais de US$ 66 bilhões e emprega ao redor de 400 mil pessoas em todo o mundo. O "Elite" está presente em toda a Europa, Oriente Médio e países do Mediterrâneo, Estados Unidos, Índia, China, África e América do Sul. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en