Fiat apresenta o híbrido coupé-SUV Fastback em São Paulo

Modelo representa aposta estratégica para o futuro da marca

Fiat apresenta o híbrido coupé-SUV Fastback em São Paulo (foto: Reprodução/Twitter)
12:41, 08 NovSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - Um conceito "audaz, ousado", que nasce como híbrido de dois ramos diversos no universo automotivo: o coupé e o SUV.

Assim Antonio Filosa, responsável pela Fiat Chrysler Automobiles (FCA) na América Latina, descreve o Fastback, carro-conceito apresentado pela empresa no Salão do Automóvel de São Paulo, que começa nesta quinta-feira (8) e vai até 18 de novembro.

O modelo, disse Filosa à ANSA, constitui um "exercício estilístico de design que reúne muitos dos elementos que estarão presentes nos projetos de produtos futuros da Fiat". "Poderia ser até um produto em si", acrescentou.

"É um modelo ousado porque é a fusão de dois conceitos: o coupé, que é baixo e feito para estar próximo ao solo, e o SUV, que é alto. O Fastback é a união de dois planetas de maneira diferente, um exercício estilístico árduo", admitiu o executivo da FCA, ressaltando que a reação até agora é "muito positiva".

"Estamos muito animados para apresentá-lo aos acionistas", afirmou.

O carro representa uma aposta estratégica para o futuro da marca Fiat na América Latina, já que, segundo Filosa, ela é "mainstream" na região, mas cobre apenas 67% do mercado porque não tem um SUV ou uma picape "metric ton", que a empresa está "estudando". "Mas quando tivermos o SUV passaremos a 87% e nos tornaremos verdadeiramente mainstream, porque os SUVs são o setor que cresce", disse.

A aposta, no entanto, deve ser feita "italianamente, com a visão da marca que está sendo desenvolvida na América Latina", diferente da estratégia da Jeep, que controla atualmente uma fatia importante desse setor.

"A cada cinco SUVs vendidos no Brasil, um é da Jeep", ressaltou o executivo da FCA, que atribui ao CEO do grupo, Mike Manley, a responsabilidade pelo "milagre da Jeep", que após ter se consolidado nos EUA agora se expande na América Latina e na Europa. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA