Veja quem são os possíveis substitutos de Genish na TIM

Ao menos quatro nomes já foram cogitados até o momento

Luigi Gubitosi é um dos cotados para substituir Amos Genish como CEO da TIM
Luigi Gubitosi é um dos cotados para substituir Amos Genish como CEO da TIM (foto: ANSA)
15:08, 16 NovMILÃO ZLR

(ANSA) - Com a repentina demissão do CEO da TIM, Amos Genish, a maior empresa de telefonia da Itália vive agora uma corrida para definir seu novo comandante. Ao longo dos últimos dias, ao menos quatro nomes foram cogitados pela imprensa local, e ainda não há um consenso na companhia.

Em sua reunião da última quinta-feira (15), o comitê de nomeações decidiu não indicar nenhum nome para o conselho de administração, que deliberará sobre o sucessor de Genish no próximo domingo (18). De um lado, um grupo defende uma dupla entre o ex-chefe da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) na Europa Alfredo Altavilla e o ex-CEO da TIM Participações, braço da operadora no Brasil, Stefano De Angelis.

Do outro, há os que apoiam Luigi Gubitosi, um dos três comissários extraordinários nomeados pelo governo para liderar a intervenção na Alitalia. Além disso, segundo o jornal econômico espanhol "El Economista", um quarto nome surgiu na disputa: o ex-presidente da Telefónica Luis Miguel Gilpérez.

Genish foi demitido na última terça-feira (13), em uma manobra da gestora de recursos norte-americana Elliott, que controla o conselho de administração. O executivo havia sido indicado pelo grupo francês Vivendi, principal acionista individual da TIM e que havia perdido uma eleição entre os sócios para a Elliott em maio passado.

Genish diz ter sido alvo de um "golpe", já que estava fora do país quando o conselho de administração foi convocado. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA