Itália multa montadoras e bancos em quase 700 mi de euros

Grupos são acusados de formar cartel no financiamento de carros

Multa envolve as principais montadoras que operam na Itália
Multa envolve as principais montadoras que operam na Itália (foto: ANSA)
16:16, 09 JanROMA ZLR

(ANSA) - A Autoridade Garantidora da Concorrência e do Mercado, órgão antitruste do governo da Itália, aplicou nesta quarta-feira (9) multas que totalizam 678 milhões de euros (cerca de R$ 2,9 bilhões) contra montadoras de automóveis e instituições financeiras acusadas de formarem um cartel na venda de carros via financiamento.

A punição atinge os grupos automotivos BMW, Daimler, Fiat Chrysler Automobiles (FCA), Ford, General Motors, Renault, Toyota e Volkswagen, além de seus respectivos bancos.

Também foram punidas as instituições financeiras Banca PSA Italia e Banque PSA Finance, ligadas ao grupo Peugeot-Citröen, Santander Consumer Bank e CA Consumer Finance, bem como a Associação Italiana de Crédito para Consumo e Imobiliário (Assofin) e a Associação Italiana de Leasing (Assilea).

Segundo o órgão antitruste, entre 2003 e 2017 as empresas envolvidas agiram para "restringir a concorrência" e "alterar as dinâmicas de competição no mercado de venda de automóveis por meio de financiamentos concedidos por seus respectivos bancos cativos".

"Verificou-se a aplicação de um acordo único, complexo e contínuo relativo à troca de informações sensíveis sobre quantidades e preços, inclusive atuais e futuros", diz a autarquia. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA