Premier italiano minimiza recessão e prevê retomada

País registrou queda no PIB por dois trimestres consecutivos

Giuseppe Conte prevê retomada econômica para o segundo semestre de 2019
Giuseppe Conte prevê retomada econômica para o segundo semestre de 2019 (foto: ANSA)
18:37, 31 JanROMA ZLR

(ANSA) - O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, minimizou nesta quinta-feira (31) o fato de o país ter entrado em recessão técnica e prometeu uma retomada já para 2019.

O Produto Interno Bruto (PIB) italiano caiu 0,2% no quarto trimestre de 2018 e acumulou dois períodos seguidos de contração, após a redução de 0,1% registrada entre julho e setembro, o que caracteriza uma recessão técnica.

O termo "técnico" se deve ao fato de que, no ano inteiro, a economia ainda apresentou desempenho positivo de 1%, contra o 1,6% de 2017.

"Não estou preocupado, queremos nos concentrar na retomada de nossa economia, que acontecerá seguramente em 2019, porque começaremos a desenvolver nossas medidas. Não temos motivo para perder a confiança", garantiu Conte.

Ele prevê a volta do sinal positivo do PIB para o segundo semestre. "É um fator transitório, até os analistas mais incautos não podem ignorar que há uma guerra tarifária entre EUA e China que só terá perdedores", acrescentou.

A Itália não ficava em recessão desde o início de 2013, quando a economia nacional encerrou sete trimestres consecutivos de queda. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA