Taxa de desemprego na Itália cai para 10,3%

Já entre os jovens o índice subiu para 31,9%

Itália ainda não recuperou os índices de desemprego de antes da crise
Itália ainda não recuperou os índices de desemprego de antes da crise (foto: ANSA)
18:39, 31 JanROMA ZLR

(ANSA) - A taxa de desemprego na Itália caiu 0,2 ponto percentual em dezembro de 2018 e chegou a 10,3%, anunciou nesta quinta-feira (31) o Instituto Nacional de Estatística (Istat). Esse foi o segundo mês consecutivo de queda no índice.

Por outro lado, a taxa entre os jovens de 15 a 24 anos subiu 0,1 ponto e atingiu 31,9%. Os dois indicadores estão longe daqueles registrados no auge da crise financeira, em 2014 (13,1% e 43,3%), mas também estão distantes das mínimas históricas: 5,8% para a população ativa total, em abril de 2007, e 19,4% entre os jovens, em fevereiro do mesmo ano.

O índice de ocupação em dezembro de 2018, por outro lado, subiu 0,1 ponto e chegou a 58,8%, o nível mais alto desde o início da crise de 2008.

O crescimento foi puxado pelos contratos temporários (+257 mil unidades) e pelos trabalhadores independentes (+34 mil), enquanto as contratações permanentes sofreram queda de 88 mil unidades. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA