Delta e EasyJet avançam e começam tratativas com Alitalia

Objetivo é criar um novo plano de recuperação para Alitalia

Delta e EasyJet avançam e começam tratativas com Alitalia
Delta e EasyJet avançam e começam tratativas com Alitalia (foto: ANSA)
19:47, 13 FevROMA ZBF

(ANSA) - O futuro da Alitalia parece estar se delineando. Nesta quarta-feira (13), foi confirmado um avanço nas negociações com a Delta Airlines e EasyJet, que já podem começar a elaborar um plano de recuperação para a companhia aérea italiana que está sob controle da estatal Ferrovie dello Stato (FS).

"Diante da confirmação de interesse da parte da Delta Airlines e da EasyJet para serem parceiras industriais da FS na operação da Alitalia, o Conselho de Administração das Ferrovie dello Stato se reuniu hoje e deliberou de prosseguir as tratativas com as companhias aéreas citadas, a fim de alcançar a definição dos elementos que levarão ao plano da nova Alitalia", informou a FS, em um comunicado.

Há semanas, havia uma especulação de que a Delta, uma das mais importantes companhias aéreas dos Estados Unidos, e a EasyJet, companhia aérea de baixo custo britânica, estavam na frente na disputa pela recuperação da Alitalia, que também contava com a Air France-KLM e a Lufthansa. Os franceses, porém, desistiram da proposta pela Alitalia devido às tensões diplomáticas entre os dois países.

Além disso, uma reunião no último sábado (9), em Milão, com representantes da FS teria batido o martelo com a Delta e a EasyJet. Paralelamente, foi realizada um encontro em Roma, no Palácio Chigi, com o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, o vice-premier Luigi Di Maio e o ministro da Economia Giovanni Tria, na qual o governo italiano decidiu que estaria disponível para eventual participação financeira para constituir a nova Alitalia. A informação foi confirmada hoje (13).

Di Maio deve se reunir amanhã (14) com representantes sindicais e do Ministério da Economia para analisar a proposta.

"A Delta confirma ter apresentado uma carta de interesse geral e não vinculante à FS para avaliar um espécie de consórcio em uma futura Alitalia, junto com a EasyJet", disse à companhia, em entrevista à ANSA.

A Alitalia foi colocada sob administração especial em 2017, quando funcionários rejeitaram um plano de recuperação econômico, o que obrigou o governo italiano a intervir na situação e iniciar uma busca por um comprador que pudesse salvar a companhia. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA