China deve ter crescimento mais modesto em 2019

Premier prevê ambiente mais "difícil" no cenário internacional

Premier Li Keqiang abre trabalhos do Congresso Nacional do Povo em 2019
Premier Li Keqiang abre trabalhos do Congresso Nacional do Povo em 2019 (foto: EPA)
14:33, 05 MarPEQUIM ZLR

(ANSA) - O governo da China estimou nesta terça-feira (5) um crescimento econômico mais modesto para 2019, em função de um "ambiente mais difícil" no cenário internacional.

Em pronunciamento na abertura do ano legislativo do Congresso Nacional do Povo, o primeiro-ministro Li Keqiang disse que o Produto Interno Bruto (PIB) chinês deve ter alta de 6% a 6,5%, frente a uma expansão de 6,6% em 2018.

Além disso, os gastos militares devem ter crescimento de 7,5%, após um aumento de 8,1% no ano passado. Em 2019, a China deve investir o equivalente a cerca de US$ 175 bilhões com defesa.

"Ao perseguir o desenvolvimento neste ano, enfrentaremos um ambiente mais difícil e complicado", disse Li. "Devemos estar preparados para uma dura luta", acrescentou.

O país negocia com os Estados Unidos um acordo para colocar fim à guerra comercial travada por Donald Trump. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA