CEO da Leonardo celebra parcerias no Brasil

Empresa italiana participa da feira Laad Defence & Security

Alessandro Profumo, CEO da empresa italiana Leonardo
Alessandro Profumo, CEO da empresa italiana Leonardo (foto: ANSA)
14:17, 03 AbrRIO DE JANEIRO ZLR

(ANSA) - O CEO da empresa italiana Leonardo, Alessandro Profumo, disse, em entrevista à ANSA, que a companhia é uma "parceira global" para os países da América Latina.

O grupo participa da feira Laad Defence & Security, que acontece no Rio de Janeiro, e já assinou, por meio de sua subsidiária Telespazio Brasil, um acordo para monitorar plataformas da Petrobras na Bacia de Campos.

"Trata-se de controlar eventuais vazamentos de petróleo ou outros eventos, mas também da gestão da própria plataforma", explicou Profumo, que destaca o potencial das tecnologias satelitais em muitas atividades civis.

"Somos entusiastas do modo como se pode aplicar satélites para monitorar o território em um país como o Brasil, do controle da bacia amazônica ao desmatamento, do monitoramento de eventos naturais à redução da quantidade de água para irrigação, graças à análise da umidade do solo", acrescentou.

Essa, no entanto, é apenas uma das atividades da Leonardo, que tem no Brasil metade de seus 400 helicópteros em operação na América Latina. No país, eles são usados para transporte, apoio industrial, no setor petrolífero, como ambulâncias, por polícias estaduais e pela Polícia Rodoviária Federal.

Outra oportunidade de peso para o futuro é o treinamento de pilotos militares da Força Aérea do Brasil com o avião M-346, em vista da utilização dos caças Gripen. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en