Treinos da F1 confirmam evolução dos carros, diz Pirelli

Marca ressaltou os bons tempos marcados em treinos em Barcelona

Pirelli elogiou evolução dos carros desta temporada
Pirelli elogiou evolução dos carros desta temporada (foto: EPA)
16:40, 23 FevSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - A Pirelli, fornecedora oficial de pneus para a Fórmula 1, elogiou os treinos da categoria em Barcelona nos últimos quatro dias e ressaltou que os pilotos - mesmo em fase de treinamentos - fizeram voltas mais rápidas do que as disputadas no Grande Prêmio da Espanha no ano passado.

 

"O circuito de Montmeló é conhecido por ser bastante técnico e com pista larga, o que é a condição ideal para avaliar todos os aspectos referentes ao comportamento dos pneus. Ainda é muito cedo para tirar conclusões válidas para toda a temporada, mas as voltas dadas já indicam que os carros estão mais rápidos neste ano", destacou Paul Hembery, diretor de esportes a motor da empresa italiana.

 

Segundo Hembery, as equipes puderam realizar programas de testes bem variados, incluindo as manobras de pit-stop. Para ele, o trabalho "continuará durante os próximos treinos em Barcelona" e que essa é a "última chance das equipes prepararem seus carros antes da primeira etapa da temporada".

 

A Pirelli disponibilizou, além dos pneus que serão utilizados durante a temporada, um protótipo de um composto médio para que as equipes forneçam informações para as pesquisas de desenvolvimento da marca.

 

A categoria volta para os testes na cidade entre os dias 26 de fevereiro e 1º de março.

 

Dados dos treinos

 

Segundo a Pirelli, após quatro dias de testes, foram dadas 3.134 voltas cronometradas. O tempo mais rápido marcado pelos pilotos ocorreu no último dia, com Romain Grosjean (Lotus) fazendo 1m24s067 - com o composto supermacio. Para efeito de comparação, a pole do GP da Espanha foi marcada por Lewis Hamilton (Mercedes) em 1m25s232.

 

Dos 398 jogos de pneus levados a Barcelona, 261 foram usados. Durante todo o ano, cada equipe tem 110 jogos de pneus garantidos para testes. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA