Após 9 meses internado, piloto Jules Bianchi morre

Aos 25 anos, o piloto de F1 corria pela Marussia

Após 9 meses internado, piloto Jules Bianchi morre (foto: EPA)
16:22, 19 JulNICE ZBF

(ANSA) - Nove meses após sofrer um grave acidente no Grande Prêmio de Suzuka, no Japão, o piloto francês de F1 Jules Bianchi morreu ontem (17), aos 25 anos de idade. Ele estava em coma desde que bateu seu carro contra um guindaste na pista, em 5 de outubro.

O acidente provocou uma lesão axonal difusa no seu cérebro, que poderia fazer com que ficasse em estado vegetativo permanentemente. 

A notícia foi divulgada nas redes sociais pelos familiares de Bianchi, que corria pela Marussia. "Jules lutou até o último minuto, como sempre fez, mas hoje sua batalha chegou ao fim. A nossa dor é imensa e indescritível".

A morte do piloto, que tinha disputado 34 corridas entre 2013 e 2014, foi lamentada também pela Ferrari. "Tchau, Jules, para sempre no coração da Ferrari", escreveu a escuderia italiana em seu perfil no Twitter.

"Jules Bianchi era um dos nossos, era da família Ferrari e era o piloto que tínhamos escolhido para o futuro, uma vez encerrada a colaboração com Kimi Raikkonen", disse o ex-presidente da equipe, Luca di Montezemolo. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA