Representante de jogadores se candidata a presidente da Figc

Damiano Tommasi, ex-Roma, quer substituir Carlo Tavecchio

Damiano Tommasi, ex-Roma, quer substituir Carlo Tavecchio
Damiano Tommasi, ex-Roma, quer substituir Carlo Tavecchio (foto: ANSA)
15:36, 05 JanROMA ZLR

(ANSA) - O ex-meio-campista Damiano Tommasi, de 43 anos, confirmou nesta sexta-feira (5) sua candidatura à presidência da Federação Italiana de Futebol (Figc).

Mandatário da Associação Italiana de Jogadores, Tommasi defendeu a Roma durante uma década e, esporadicamente, veste a camisa de La Fiorita, um time amador de San Marino. Ele é o primeiro a se candidatar oficialmente ao comando da Figc.

"A vontade de ser parte ativa da mudança vem de um percurso feito nos últimos anos que me empurra a me colocar à disposição de um projeto que seja de compartilhamento", afirmou o cartola. A votação para presidente da Figc será no dia 29 de janeiro, quando será escolhido o substituto de Carlo Tavecchio, que renunciou após a Itália ter ficado de fora da Copa do Mundo de 2018.

"Hoje a Figc precisa de união de intenções. O objetivo é dar uma resposta séria, concreta e suficientemente de longo prazo ao confronto Itália-Suécia, do contrário teremos perdido duas vezes", acrescentou. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA