Após briga, prefeitos de Roma e Liverpool pedem 'respeito'

Clubes das duas cidades se enfrentarão na Liga dos Campeões

Torcida do Liverpool durante partida contra a Roma no Anfield Road
Torcida do Liverpool durante partida contra a Roma no Anfield Road (foto: EPA)
15:32, 30 AbrROMA ZLR

(ANSA) - Os prefeitos de Roma, Virginia Raggi, e de Liverpool, Joe Anderson, se uniram para pedir respeito recíproco aos torcedores dos clubes das duas cidades, que se enfrentarão na próxima quarta-feira (2), na capital italiana, pelas semifinais da Liga dos Campeões da Europa.

Raggi e Anderson assinaram uma nota conjunta, após um torcedor do Liverpool ter ficado gravemente ferido em uma briga com ultras da Roma na semana passada, no duelo de ida entre as duas equipes, no Reino Unido.

"Como prefeitos de nossas cidades, enviamos os melhores desejos às equipes, parabenizando-as pelos seus resultados, e exortamos os torcedores a aproveitarem a partida e a cidade de Roma. Os torcedores devem curtir a competição em campo e manter o respeito fora de campo", diz o comunicado.

Além disso, segundo Raggi e Anderson, as forças de ordem das duas cidades estão "trabalhando com os clubes" para combater corretamente a violência no futebol.

"As forças de segurança garantirão um ambiente o mais seguro possível, e esperamos que os torcedores respeitem os cidadãos de Roma e as autoridades e concordem que o melhor resultado de quarta-feira seja uma celebração apaixonada e uma noite segura e sem violência", acrescenta o comunicado.

O dispositivo de segurança para a partida será acionado já nesta terça-feira (1º), com controles reforçados ao redor do Estádio Olímpico e no centro da cidade, que ainda terá o tradicional show pelo Dia do Trabalhador. As autoridades esperam que pelo menos 5 mil torcedores do Liverpool, incluindo 50 indivíduos classificados como "perigosos", viajem à capital da Itália. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA