Com recorde e Bolsonaro, Palmeiras levanta taça de campeão

Alviverde comemorou título ao lado do presidente eleito

Com recorde e Bolsonaro, Palmeiras levanta taça de campeão (foto: EPA)
09:15, 03 DezSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - Com recorde de público no estádio Allianz Parque e com a presença do presidente eleito Jair Bolsonaro, o Palmeiras levantou neste domingo (2) a taça do Campeonato Brasileiro de 2018, a 10ª em sua história.

A comemoração oficial do título aconteceu após o triunfo sobre o já rebaixado Vitória por 3 a 2, pela última rodada do Brasileirão. No entanto o Palmeiras já havia confirmado o título no jogo anterior, em São Januário, contra o Vasco.

O alviverde chegou a fazer 2 a 0, com gols de Edu Dracena e Gustavo Scarpa, mas tirou o pé do acelerador e levou o empate do clube baiano em menos de cinco minutos. O gol da vitória veio só nos acréscimos do segundo tempo, com o meio-campista Bruno Henrique.

Após o apito final, os jogadores e a comissão técnica do Palmeiras receberam as medalhas, para depois o capitão Bruno Henrique levantar a taça. O troféu foi entregue pelas mãos de Bolsonaro e do presidente do clube paulista, Maurício Galiotte.

"Esta é uma festa ímpar para mim. Agradeço à direção [do Palmeiras] pelo convite. Dizem que na democracia o rodízio é bem-vindo. No futebol, só na churrascaria", disse Bolsonaro, que acompanhou a partida nos camarotes do estádio.

A arena do Palmeiras recebeu 41.256 pessoas, o maior público da história do estádio. A marca anterior pertencia ao jogo do título do Brasileirão de 2016, quando 40.986 torcedores acompanharam a vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense.

O Palmeiras tem agora os títulos de 1960, 1967 (Taça Brasil e Torneio Roberto Gomes Pedrosa), 1969, 1972, 1973, 1993, 1994, 2016 e 2018. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA