Vítimas do incêndio em CT começam a ser veladas neste sábado

Até o momento, 7 dos 10 mortos na tragédia foram identificados

Vítimas do incêndio em CT começam a ser veladas neste sábado (foto: EPA)
19:22, 09 FevSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - Com muita emoção, algumas vítimas do incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo, o "Ninho do Urubú", foram veladas neste sábado (9). Até o momento, os corpos de sete dos 10 mortos na tragédia já foram identificados.

A primeira vítima da tragédia a ser sepultada foi o jogador Arthur Vinícius, que completaria 15 anos hoje (9). O velório do jovem atleta, que ocorreu em Volta Redonda, contou com a presença de familiares e amigos, além do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel.

Arthur era zagueiro e estava no Flamengo há três anos, sendo considerado uma das grandes promessas do clube rubro-negro. O atleta chegou a ser convocado para a seleção brasileira sub-15.

Outra vítima do incêndio que será sepultada neste sábado é o zagueiro Pablo Henrique. O jovem atleta será enterrado no Cemitério Municipal São Miguel, em Oliveira, Minas Gerais.

Pablo tinha apenas 14 anos e era primo do zagueiro Werley, do Vasco. De acordo com um ex-técnico do jovem atleta, o adolescente teve passagens pelo Atlético Mineiro e pela Inter Academy, programa oficial da Inter de Milão, em Divinópolis (MG).

De acordo com o Instituto Médico Legal do Rio de Janeiro, sete das 10 vítimas já foram identificadas, sendo que nove delas foram encontradas carbonizadas no alojamento do "Ninho do Urubú". No entanto, não há informações sobre como estava o corpo da 10ª vítima.

Entre os jogadores que foram identificados estão: Arthur Vinícius, Athila Paixão, Bernardo Pisetta, Gedson Santos, Pablo Henrique, Victor Isaías e Christian Esmério. Já Jorge Eduardo, Rykelmo de Souza e Samuel Rosa ainda precisam ser identificados para serem liberados.

Segundo o Flamengo, todos os três jogadores que ficaram feridos no incêndio ainda estão internados. Os jovens atletas Cauan Emanuel e Francisco Dyogo continuam em situação estável, por sua vez, Jhonata Ventura está em estado grave.

Flamengo 

A diretoria do clube rubro-negro, inclusive o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, se reuniu neste sábado com parentes das vítimas do incêndio no "Ninho do Urubú".  O time carioca se colocou à disposição para arcar com todas as despesas das famílias.

Já o CEO do Flamengo, Reinaldo Belotti, afirmou que os picos de energia após o temporal que atingiu o Rio de Janeiro causaram a tragédia no centro de treinamento do clube.

(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA