Coutinho, ex-atacante da seleção de 1962, morre aos 75 anos

Jogador fez dupla de ataque com Pelé entre 1950 e 1960

Jogador fez dupla de ataque com Pelé entre 1950 e 1960
Jogador fez dupla de ataque com Pelé entre 1950 e 1960 (foto: Arquivo Santos)
09:53, 12 MarSÃO PAULO ZCC

(ANSA) - O ex-atacante do Santos Futebol Clube e da seleção brasileira, Coutinho, faleceu na noite desta segunda-feira (12), aos 75 anos, em Santos, litoral de São Paulo.
    O campeão da Copa do Mundo de 1962 foi vítima de um infarto agudo do miocárdio em decorrência de diabetes e hipertensão arterial sistêmica, segundo equipe médica.
    Famoso por formar uma dupla de ataque com Pelé, o ex-jogador estava na casa da filha quando passou mal. Seu corpo é velado no Salão de Mármore da Vila Belmiro e, segundo o clube, o sepultamento acontecerá às 18h no Memorial Necrópole Ecumênica da cidade. Em janeiro passado, Coutinho já havia sido hospitalizado. Em decorrência da diabetes, ele chegou a amputar três dedos do pé esquerdo. Antonio Wilson Honório e Pelé foram destaque mundial ao formar uma das maiores duplas de ataque da história do futebol. Os dois jogaram juntos em 1950 e 1960.
    O rei do futebol lamentou a morte do ex-companheiro de equipe.
    "É uma grande perda. A tabelinha Pelé-Coutinho fez o Brasil ficar mais conhecido no mundo todo. Tenho certeza que um dia faremos tabelinha no céu", disse Pelé.
    Ao longo de sua carreira, Coutinho defendeu o Santos em 457 partidas e anotou 368 gols, o que lhe garantiu o posto de terceiro maior artilheiro da história do time. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en