Colômbia tentará sediar Copa do Mundo feminina de 2023

País irá receber em 2020 a Copa América

Colômbia tentará sediar Copa do Mundo feminina de 2023 (foto: EPA)
14:28, 14 AbrSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - O presidente da Colômbia, Iván Duque, revelou neste sábado (13) que o país irá realizar uma campanha para conseguir sediar a Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2023.

Segundo Duque, ele conversou durante a semana com o presidente da Fifa, Gianni Infantino, e reiterou o "desejo de que a Colômbia postule formalmente, e faça toda uma grande diplomacia esportiva" para receber a competição.

O chefe de Estado colombiano ainda afirmou que o torneio seria uma ótima oportunidade para o país sul-americano, já que "1,5 bilhão de pessoas assistem, através da televisão, a esse grande evento".

Além de tentar receber a Copa do Mundo feminino, a Conmebol anunciou na semana passada que a Colômbia e a Argentina serão os países sedes da Copa América de 2020.

Em sete Mundiais da modalidade já disputados, a seleção feminina da Colômbia participou das duas últimas edições. A equipe sul-americana chegou nas oitavas de final em 2015, no Canadá, mas foi eliminada pelos Estados Unidos.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA