Veja como era o futebol italiano antes do domínio da Juventus

Atalanta estava na Série B e Milan tinha Ibra e Ronaldinho

Veja como era o futebol italiano antes do domínio da Juventus (foto: ANSA)
12:20, 21 SetSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - A Juventus vem dominando a Série A desde a temporada 2011/2012 e conseguiu conquistar neste período um inédito octacampeonato do torneio. Na última vez que a Velha Senhora não venceu a principal divisão da liga italiana, o campeão foi um Milan que tinha em seu elenco jogadores como Ronaldinho Gaúcho e Zlatan Ibrahimovic, além disso, a Atalanta, que hoje em dia está na Liga dos Campeões, disputava a Série B.

Muita coisa mudou desde a temporada 2010/2011. Na época, o uruguaio Edinson Cavani, hoje no Paris Saint-Germain (PSG), defendia o Napoli, a vice-campeã Inter de Milão tinha em seu elenco o goleiro Júlio César e o lateral Javier Zanetti, e a Roma, por sua vez, ainda contava com a presença do ex-craque Francesco Totti e do ex-centroavante brasileiro Adriano.

A Velha Senhora, que não vencia um Campeonato Italiano desde a temporada 2004/2005, título que ainda foi revogado do clube pelo envolvimento no escândalo "Calciopoli", era comandada por Luigi Del Neri e tinha em seu elenco os jovens Giorgio Chiellini e Leonardo Bonucci, os meias Felipe Melo e Diego e um ataque formado por experientes atletas, como Alessandro Del Piero, David Trezeguet, Luca Toni e Vincenzo Iaquinta.

Apesar dos bons nomes, a equipe bianconera não passou de um simples sétimo lugar e foi superada por Milan, Inter de Milão, Napoli, Udinese - que era liderada pelo artilheiro Antonio Di Natale -, Lazio e Roma. A Juve não conseguiu nem se classificar para a Liga Europa.

Daquele esquadrão, atualmente apenas o goleiro Gianluigi Buffon, Bonucci e Chiellini estão na equipe. Na época, o astro Cristiano Ronaldo, então com 26 anos, estava em sua segunda temporada pelo Real Madrid. O meia Federico Bernardeschi ainda jogava no sub-18 da Fiorentina e o atacante Paulo Dybala atuava pelo time de base do modesto Instituto, da Argentina.

Ainda no período, o francês Franck Ribéry, da Fiorentina, defendia o Bayern de Munique, enquanto o bósnio Edin Dzeko, da Roma, atuava pelo Manchester City. Já o atacante Dries Mertens, do Napoli, jogava no Utrecht, da Holanda, e Federico Chiesa estava no sub-14 da Viola.

O zagueiro Davide Astori, morto no dia 4 de março de 2018, estava na sua segunda temporada como titular do Cagliari, clube que o comprou do Milan.

Já do campeão Milan, nenhum jogador está no atual elenco do time Rossonero. Dos 36 atletas que passaram pela equipe, 22 já se aposentaram, como Mario Yepes, Gennaro Gattuso, Alessandro Nesta, Christian Abbiati, Clarence Seedorf, Mark Van Bommel, Ronaldinho Gaúcho e Filippo Inzaghi.

O polonês Krzysztof Piatek, atualmente um dos principais atletas do Milan, tinha apenas 15 anos de idade. O goleiro Gianluigi Donnarumma, por sua vez, estava com 11 anos. O meia brasileiro Lucas Paquetá atuava pelo time sub-13 do Flamengo.

Entre os treinadores, Massimiliano Allegri comandou o campeão Milan e assumiu na temporada seguinte a Juventus. Já Maurizio Sarri, atual treinador da Velha Senhora, era o técnico do modesto Alessandria.

Aquela temporada foi desastrosa para a Sampdoria, que foi rebaixada ao lado de Brescia e Bari. O clube genovês possuia seu em seu elenco os jovens Simone Zaza, então com 20 anos, e Giampaolo Pazzini, atulamente ídolo do Hellas Verona.

O Parma, por sua vez, não imaginava que iria falir e ter que disputar a Série D do Campeonato Italiano. Antes do domínio da Juventus, o time Gialloblù contava com Antonio Candreva e Sebastian Giovinco, bem como o veterano e já ex-jogador Hernán Crespo.

Sensação da última edição da Série A, a Atalanta estava disputando a Série B no momento e foi campeã do torneio. Além da "Dea", o Torino e o Sassuolo, que hoje em dia estão na principal divisão do calcio, também jogavam a segundona.

Se na temporada 2010/2011 as coisas não estavam boas para Atalanta, Torino e Sassuolo, as situações da Spal e do Hellas Verona eram piores, já que os dois times disputavam a Série C.

Hoje em dia com CR7 no time e outros importantes jogadores, como Dybaka, Miralem Pjanic, Matthijs De Ligt e Douglas Costa, a Juventus sonha com o eneacampeonato, mas a principal meta do clube piemontês é a Champions League. Em oito anos, a Velha Senhora foi vice-campeã duas vezes e visa coroar o seu glorioso período com o título da Liga dos Campeões.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA