Malagò diz que há 'vontade absoluta' de combater racismo

Cartola declarou também que o país estará na direção certa

Malagò diz que há 'vontade absoluta' de combater racismo
Malagò diz que há 'vontade absoluta' de combater racismo (foto: ANSA)
14:30, 19 NovMILÃO ZRS

(ANSA) - O presidente do Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni), Giovanni Malagò, afirmou terça-feira (19) que há "vontade absoluta" de combater o racismo no futebol italiano.

O começo de temporada da Série A foi manchado por diversos casos de racismo. Entre os jogadores que já foram vítimas estão Mario Balotelli, Dalbert, Franck Kessié, Romelu Lukaku, Juan Jesus e Ronaldo Vieira.

"Os meios de comunicação tornaram as partes interessadas muito sensíveis ao racismo. Agora há uma convicção absoluta de agir e combatê-lo. Os episódios recentes mostraram uma vontade de respeitar os regulamentos, as sociedades não são mais cúmplices em certas atitudes, mas são as primeiras a querer persegui-las", disse Malagò.

O cartola ainda declarou que há risco de novos episódios, mas revelou que a "proa do barco será colocada na direção certa".

A opinião de Malagò vem um dia depois do ex-presidente da Uefa Michel Platini ter declaro que os casos de racismo no futebol são "absurdos".(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA