Balotelli volta a sofrer insultos racistas no futebol italiano

Caso aconteceu na partida entre Brescia e Lazio

Balotelli volta a sofrer insultos racistas no futebol italiano
Balotelli volta a sofrer insultos racistas no futebol italiano (foto: ANSA)
10:13, 06 JanROMA ZRS

(ANSA) - O atacante Mario Balotelli, do Brescia, voltou neste domingo (5) a ser alvo de insultos racistas na Itália. Desta vez, o episódio aconteceu na partida contra a Lazio, no Estádio Mario Rigamonti, e o duelo precisou ser interrompido por alguns minutos em decorrência dos gritos discriminatórios que vieram do setor onde estava a torcida da equipe da capital.

Tudo começou após Balotelli abrir o placar para o Brescia, aos 18 minutos da etapa inicial. O atleta ouviu insultos raciais e comunicou o ocorrido para o árbitro Gianluca Manganiello, que paralisou a partida por alguns minutos por volta dos 30 de jogo.

Através do sistema de som do estádio, um anúncio contra os insultos foi feito, enquanto os torcedores do Brescia aplaudiam e gritavam o nome de Balotelli para apoiar o atleta. O treinador da Lazio, Simone Inzaghi, até pediu aos fãs do clube da capital que parassem com os coros racistas.

 Após a paralisação, o duelo foi retomado e conseguiu virar, vencendo a partida por 2 a 1, com dois gols do artilheiro Ciro Immobile.

Através das redes sociais, Balotelli comentou sobre os insultos e disse para que os torcedores da Lazio "tenham vergonha".

"É uma derrota que dói mas vamos voltar mais fortes, estamos no caminho certo. Torcedores da Lazio presentes hoje no estádio, tenham vergonha", escreveu o atacante.

Em 2019, alguns jogadores que atuam no futebol italiano como Romelu Lukaku, Franck Kessié, Dalbert, Ronaldo Vieira, Kalidou Koulibaly e o próprio Balotelli sofreram insultos raciais.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA