Ídolo da Juve nos anos 1970, Pietro Anastasi morre na Itália

Ex-atacante lutava contra um câncer há alguns anos

Ídolo da Juve nos anos 1970, Pietro Anastasi morre na Itália
Ídolo da Juve nos anos 1970, Pietro Anastasi morre na Itália (foto: Ansa)
11:13, 18 JanROMA ZCC

(ANSA) - Considerado um dos grandes nomes do futebol italiano nos anos 1970, o ex-atacante da Juventus Pietro Anastasi morreu na noite desta sexta-feira (17), aos 71 anos, na Itália, após uma longa batalha contra o câncer.

"Hoje é um dia muito triste para toda a Juventus, para o futebol italiano e para todos os que o conhecem. Pietro Anastasi nos deixou aos 71 anos", diz a nota oficial no site da Juventus.

O clube que consagrou Anastasi também expressou suas condolências e proximidade à esposa Anna e aos filhos, Silvano e Gianluca.

Nascido em Catânia, em 1948, o ex-jogador ascendeu no futebol italiano com o Varese e chamou a atenção da Juventus e Inter. No entanto, a Velha Senhora levou a melhor e contratou Anastasi.

Durante sua carreira, ele marcou 105 gols na Série A, dos quais 78 foram pela Juventus, onde conquistou o título de artilheiro em 1968 e, em seguida, três títulos da liga na primeira metade dos anos 70. Ao todo, o italiano vestiu a camisa da Velha Senhora por 258 jogos em oito temporadas.

Já defendendo a seleção italiana, o atleta disputou 25 partidas, marcando 8 gols. Um dos momentos mais marcantes de sua vida profissional aconteceu em 1968, quando, com apenas 20 anos, ficou eternizado como o grande herói da Azzurra no único título do país na Eurocopa.

Depois de anunciar sua aposentadoria, Anastasi chegou a treinar jovens atletas por um curto período de tempo e a comentar jogos em um programa de TV. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA