Mihajlovic recebe ofensas após declarar apoio a Salvini

Algumas pessoas desejaram a morte do técnico, que tem leucemia

Mihajlovic recebe ofensas após declarar apoio a Salvini (foto: ANSA)
09:55, 23 JanSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - O técnico do Bologna, Sinisa Mihajlovic, recebeu nesta quarta-feira (22) diversas ofensas nas redes sociais após ter declarado apoio à candidata do ex-ministro Matteo Salvini nas eleições regionais da Emilia-Romagna.

Em uma entrevista ao jornal "Il Resto del Carlino", o comandante sérvio, que vem se tratando de uma leucemia, elogiou a "determinação" do ex-vice-premier e declarou que está "torcendo" para senadora da Liga, Lucia Borgonzoni, vencer as eleições contra o atual governador, Stefano Bonaccini, do Partido Democrático (PD).

Alguns dos usuários que insultaram Mihajlovic nas redes sociais desejaram a morte do técnico sérvio e até afirmaram que o tratamento do ex-jogador contra a leucemia teria causado "danos irreversíveis ao cérebro" do comandante.

Ao mesmo tempo, não faltaram mensagens de apoio ao técnico do Bologna, como uma do ex-ministro Salvini. Diversas pessoas defenderam que Mihajlovic é livre para apoiar qualquer partido político.

"Mas eles são os 'democráticos'. Nojentos. Um abraço a você, Sinisa", escreveu Salvini em suas redes sociais.

O governador da Ligúria, Giovanni Toti, foi outro que prestou solidariedade ao comandante rossoblù em uma longa declaração publicada em seu perfil no Facebook.

"Solidariedade para Sinisa Mihajlovic, atacado de forma vergonhosa por anunciar seu apoio a Salvini e a Borgonzoni na Emilia-Romagna. Como alguém escreve 'merece o tumor' a um homem que está a lutar contra a leucemia? Isso não é oposição política!", opinou Toti.

As eleições da Emilia-Romagna, um histórico feudo da esquerda italiana, serão realizadas neste domingo (26). Os dois principais candidatos são o atual governador Bonaccini (PD) e Borgonzoni (Liga).

De acordo com a imprensa italiana, Bonaccini é o favorito à reeleição, mas a popularidade de Salvini, especialmente nas áreas rurais da região, pode levar sua candidata à vitória.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA