Futebol chinês é afetado pela epidemia de coronavírus

Início do campeonato local foi adiado para março

Futebol chinês é afetado pela epidemia de coronavírus
Futebol chinês é afetado pela epidemia de coronavírus (foto: Divulgação/Buriram United )
12:29, 28 JanSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - A epidemia do novo coronavírus já está afetando o futebol chinês. A Associação de Futebol da China (CFA) adiou a decisão da Supercopa do país e o início do campeonato local. Além disso, um dos jogos da Liga dos Campeões da Ásia não terão torcida.

A final da Supercopa chinesa seria em Jiangsu, no dia 5 de fevereiro, entre Guanghzou Evergrande, campeão da liga nacional, e o Shanghai Shenhua, detentor da copa local. A nova data da decisão não foi definida pela federação do país. A cidade onde a partida seria realizada teve nove casos da doença.

O Campeonato Chinês, por sua vez, começaria no dia 22 de fevereiro, mas a rodada inicial foi adiada para março. Na elite do futebol do país tem um clube de Wuhan, cidade onde a epidemia teria começado. O Wuhan Zall possui em seu elenco os brasileiros Léo Baptistão e Rafael Silva.

Apesar da epidemia, a bola rolou para o jogo entre Shanghai SIPG e Buriram United, da Tailândia, pelos play-offs da Liga dos Campeões da Ásia. O embate foi em Xangai, mas com portões fechados ao público.O time chinês, que possui em seu elenco os brasileiro Hulk, Oscar e Ricardo Lopes, venceu por 3 a 0.

No entanto, Os atletas e funcionários do clube tailandês chegaram na China usando máscaras de proteção no rosto. Xangai, a cidade mais populosa do país, teve 13 casos da doença confirmados até o momento.

Outro torneio afetado pelo coronavírus foi o Pré-Olímpico feminino, campeonato onde Austrália, Taiwan, Tailândia e China brigarão por uma vaga nas Olimpíadas de Tóquio. Os duelos, que seriam em território chinês, foi transferido para a Austrália.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA