Neymar é advertido pela arbitragem após tentar dar 'lambreta'

Revoltado, atacante discutiu com o juiz e levou cartão amarelo

Neymar é advertido pela arbitragem após tentar dar 'lambreta'
Neymar é advertido pela arbitragem após tentar dar 'lambreta' (foto: EPA)
16:48, 03 FevSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - Apesar de não ter marcado gols, o atacante Neymar, do PSG, foi um dos destaques da goleada da sua equipe por 5 a 0 contra o Montpellier. O principal momento foi quando o brasileiro discutiu com o árbitro do jogo, que o repreendeu e o advertiu após o camisa 10 ter tentado dar uma lambreta no adversário.

O lance aconteceu por volta dos 36 minutos, quando o PSG vencia o duelo por 1 a 0. Na oportunidade, Neymar tentou aplicar uma lambreta no zagueiro Arnaud Souquet, mas após o lance, o juiz Jérôme Brisard repreendeu o astro brasileiro pela tentativa do drible. O atacante não gostou da advertência e discutiu com o árbitro, que o mostrou o cartão amarelo.

Entretanto, a revolta de Neymar não parou dentro do gramado. Após o jogo, o atleta novamente discutiu com a arbitragem durante o caminho para o vestiário e as imagens da transmissão do duelo mostraram o camisa 10 do PSG discutindo com o quarto árbitro.

"Eu jogo futebol, não falo p... nenhuma e tomo a p... do cartão amarelo", disse Neymar, que recebeu "be pacient" ("seja paciente", em inglês) como resposta.

Na sequência, antes de virar as costas e ir ao vestiário, o centroavante disparou: "be pacient é o c..., vai se f...".

Pelas redes sociais, Neymar publicou uma foto em seu Instagram e na legenda escreveu que ele "apenas joga futebol".

Este foi o segundo cartão amarelo de Neymar na atual temporada. Até o momento, o atacante possui 15 gols e nove assistências em 18 jogos disputados. Na goleada diante do Montpellier, o astro deu um passe para o gol de Kylian Mbappé.

O PSG lidera o Campeonato Francês com 55 pontos, a 12 de vantagem do segundo colocado Olympique de Marseille. Na próxima rodada, o clube parisiense vai encarar o Nantes, fora de casa, pela 23ª rodada do Campeonato Francês.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA