Federação italiana pede jogos com portões fechados por vírus

Até o momento, o governo da Itália ainda não respondeu

Federação italiana pede jogos com portões fechados por vírus
Federação italiana pede jogos com portões fechados por vírus (foto: ANSA)
14:08, 25 FevROMA ZCC

(ANSA) - O presidente da Federação Italiana de Futebol, Gabriele Gravina, enviou nesta segunda-feira (24) um pedido oficial ao Ministério do Esporte da Itália para que as partidas da Lega Série A, a principal divisão do esporte do país, sejam realizadas com portões fechados, sem torcedores, após o aumento no número de casos de coronavírus (Covid-19).

"Estamos aguardando uma resposta do governo para a organização da partida a portas fechadas e esperamos um sinal positivo", afirmou o italiano durante coletiva de imprensa no final do Conselho Federal para debater a emergência.

Desde a crescente propagação da doença pelo país, o governo tem tomado medidas drásticas para tentar evitar um surto no território italiano. Diversos eventos públicos foram adiados até o início de março. Inclusive, no último final de semana foram suspensos quatro jogos da Série A do Campeonato Italiano: Inter de Milão contra Sampdoria, Atalanta contra Sassuolo, Torino contra Parma e Hellas Verona contra Cagliari.

Contudo, a Figc propôs a medida alternativa que prevê a realização das partidas com portões fechados para não correr risco do vírus se propagar e não prejudicar o calendário esportivo.

Segundo Gravina, a proposta inclui apenas a disputa de partidas da Série A do Campeonato Italiano e de competições europeias, como por exemplo a Liga Europa e Liga dos Campeões, sem público.
As outras seriam adiadas. Até o momento, o governo da Itália ainda não anunciou sua resposta. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA