Juventus demite Sarri após eliminação na Champions

Treinador ficou apenas um ano no comando da Velha Senhora

Título na Série A não impediu demissão de Sarri
Título na Série A não impediu demissão de Sarri (foto: ANSA)
10:17, 08 AgoTURIM ZLR

(ANSA) - A Juventus oficializou neste sábado (8) a demissão do treinador Maurizio Sarri, que fracassou no principal objetivo do clube na temporada: a conquista da Liga dos Campeões.

Em comunicado em seu site oficial, a Juve "agradece ao técnico por ter escrito uma nova página na história bianconera com a vitória do nono Scudetto consecutivo, coroando um percurso pessoal que o levou a escalar todas as categorias do futebol italiano".

O título da Série A foi o primeiro triunfo do ex-bancário Sarri em uma liga nacional. De acordo com o jornal Tuttosport, de Turim, Mauricio Pochettino, Simone Inzaghi e Zinédine Zidane são os nomes preferidos da diretoria da Velha Senhora.

No comando da Juventus há um ano, Sarri conseguiu levar o clube a um inédito nono título seguido na Série A, mas perdeu a Supercopa da Itália para a Lazio e a final da Copa da Itália para o Napoli, seu ex-time.

Já na Champions, principal objetivo na temporada, a Juventus foi eliminada nas oitavas de final pelo Lyon, no pior desempenho do clube no torneio em quatro anos. Apesar do Scudetto, Sarri não conseguiu fazer a Velha Senhora apresentar o futebol envolvente que marcou sua trajetória no Napoli.

Em entrevista à emissora Sky Sport, o presidente da Juve, Andrea Agnelli, reconheceu que o balanço da temporada 2019/20 foi "agridoce". "Foi uma temporada muito difícil, obtivemos um grande resultado com o nono Scudetto consecutivo. Na Champions, foi decepcionante, porque se antes havíamos um sonho, sair deve nos deixar decepcionados", disse. (ANSA)  

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA