Técnico da seleção italiana testa positivo para coronavírus

Roberto Mancini está assintomático e já foi isolado

Azzurra vai enfrentar a Estônia no dia 11 de novembro
Azzurra vai enfrentar a Estônia no dia 11 de novembro (foto: EPA)
16:32, 07 NovROMA ZRS

(ANSA) - O técnico da seleção italiana, Roberto Mancini, testou positivo para o novo coronavírus (Sars-CoV-2).

O ex-atacante da Sampdoria está assintomático e já cumpre o isolamento social em sua residência.

Mancini contraiu a doença poucos dias antes do amistoso contra a Estônia, que está agendado para a próxima quarta-feira (11). A Azzurra ainda vai encarar a Polônia e a Bósnia pela Liga das Nações, nos dias 15 e 18 de novembro, respectivamente.

A Federação Italiana de Futebol (Figc) já comunicou a agência sanitária local (ASL) sobre a contaminação do técnico de 55 anos.

No fim de outubro, Mancini foi protagonista de uma polêmica por conta de uma publicação com teor negacionista sobre a pandemia.

O italiano compartilhou uma charge de uma conversa entre uma enfermeira e um paciente. A médica pergunta se o homem "tem ideia de como adoeceu" e ele responde que foi "assistindo os telejornais".

O ex-centroavante foi criticado por diversos usuários nas redes sociais e pediu desculpas pela publicação.

Além disso, Mancini também chamou atenção ao afirmar que os estádios de futebol da Itália poderiam receber mais torcedores, mesmo em meio à segunda onda de casos do coronavírus Sars-CoV-2.(ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA