Controverso e genial, Maradona despertou idolatria única

Relembre a carreira de um dos melhores jogadores da história

Maradona jogou profissionalmente entre os anos de 1976 e 1997
Maradona jogou profissionalmente entre os anos de 1976 e 1997 (foto: EPA)
14:45, 25 NovROMA ZRS

(ANSA) - O ex-craque Diego Maradona, um dos maiores jogadores da história do futebol, encantou a Itália e o mundo com sua genialidade dentro dos gramados. O argentino, que defendeu o Napoli entre 1984 e 1991, morreu nesta quarta-feira (25) aos 60 anos de idade.

Antes de brilhar pelos campos do continente europeu, Maradona defendeu o Argentinos Juniors (1976-1981) e o Boca Juniors (1981-82) em seu país natal. No período, o ex-jogador foi um dos destaques do título da liga local em 1981 pelos xeneizes.

O eterno camisa 10 da seleção da Argentina chegou ao Barcelona no ano seguinte com muita expectativa. Na Catalunha, Maradona ajudou o seu time a vencer uma Copa do Rei, um Campeonato Espanhol e uma Supercopa da Espanha em 1983.

Após sua curta passagem pela equipe catalã, Maradona desembarcou em Nápoles, onde foi amado e venerado pela fanática torcida dos azzurri. Em sete anos, o argentino foi protagonista nas conquistas de cinco títulos, entre eles dois Campeonatos Italianos e uma Copa da Uefa. Desta forma, o ex-craque colocou seu nome na história do time napolitano.

No fim de sua passagem pelo Napoli, um exame antidoping depois de um jogo contra o Bari deu positivo para cocaína, deixando claro o vício do ídolo nas drogas.

Após uma conturbada saída do clube italiano, o ex-camisa 10 ainda jogou no Sevilla e no Newell's Old Boys, além de ter retornado ao Boca Juniors.

Em 1997, Maradona encerrou a carreira. Sua última partida como jogador profissional aconteceu em 25 de outubro no estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires, em uma partida entre Boca Juniors e River Plate. O astro jogou o primeiro tempo, mas foi substituído pelo então jovem Juan Riquelme.

Já com a camisa da seleção da Argentina, Maradona foi brilhante na histórica e vitoriosa campanha na Copa do Mundo de 1986. No torneio, ele protagonizou, contra a Inglaterra, uma das maiores atuações individuais da história do futebol, marcando um gol após driblar metade do time adversário e outro com a "mão de Deus".

O astro disputou outros três Mundiais, sendo vice-campeão em 1990. No total, o ídolo marcou 34 gols em 91 jogos pela Albiceleste.

Depois de ter pendurado as chuteiras, Maradona se arriscou na carreira de treinador. Ele comandou o Textil Mandiyú, Racing, Al Wasl, Al-Fujairah, Dorados de Sinaloa e Gimnasia y Esgrima, onde estava antes de falecer. Ele ainda teve uma rápida passagem pela seleção da Argentina.

Personagem carismático e controverso, Maradona não resistiu uma para cariorrespiratória na clínica de Tigre onde havia se instalado para se recuperar de uma cirurgia cerebral, segundo jornal "Clarín". (ANSA).

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA