Papa lamenta quando o doping 'contamina' o esporte

Francisco elogiou ciclistas que são exemplos de 'integridade'

Papa lamenta quando o doping 'contamina' o esporte
Papa lamenta quando o doping 'contamina' o esporte (foto: ANSA)
18:57, 09 MarSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - Em um encontro com uma delegação da União Ciclística Internacional (UCI), o papa Francisco lamentou neste sábado (9) quando o doping, a falta de respeito e a corrupção "contaminam" o esporte.

Segundo o Pontífice, usar o doping é "desonesto" e afirmou também que é uma "falta de respeito com si mesmo e com os adversários".

No seu discurso, o papa Francisco ainda elogiou os ciclistas que são exemplos de "integridade e coerência, por darem o melhor quando competem em cima de uma bicicleta".

Jorge Mario Bergoglio ainda aproveitou a oportunide para dizer que no ciclismo como na vida, "é necessário cultivar um espírito de altruísmo, generosidade e comunidade para ajudar os que ficam para trás e necessitam de ajuda para atingir um determinado objetivo".

Além disso, o Papa revelou que os atletas possuem a "oportunidade de transmitir" os "valores positivos" da vida, principalmente aos jovens.

Francisco também afirmou que em algumas ocasiões, o esporte é transformado "em uma ferramenta a serviço de outros interesses, como prestígio e o lucro econômico". O Pontíficie ainda relembrou que "há desordens que poluem" a modalidade, como o doping.

A audiência do papa Francisco aconteceu por conta do congresso anual da UCI. O presidente da entidade, David Lappartient, esteve presente no encontro.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA