Volta da NBA é marcada por protestos antirracistas

Jogadores, técnicos e árbitros se ajoelharam durante o hino

Atletas se ajoelharam antes da partida entre Lakers e Clippers (foto: EPA)
11:03, 31 JulNOVA YORK ZRS

(ANSA) - A temporada 2019/20 da NBA, a liga norte-americana de basquete, foi retomada nesta quinta-feira (30). As duas partidas que marcaram o retorno da competição tiveram belas jogadas e protestos antirracistas.

Antes da partida entre Utah Jazz e New Orleans Pelicans, os jogadores, técnicos e árbitros se ajoelharam durante o hino nacional dos Estados Unidos, em mais um ato deflagrado após a morte de George Floyd por um policial branco no país. A frase "Vidas Negras Importam" também estavam em destaque na quadra montada na Disney.

A mesma cena aconteceu antes do confronto entre as equipes do Los Angeles Lakers e do Los Angeles Clippers.

Em quadra, alguns atletas substituíram os seus nomes das camisas e colocaram frases de protesto. A NBA aprovou uma série de frases que poderiam estampar os uniformes.

Depois de mais de quatro meses parada em decorrência da pandemia do novo coronavírus, o basquete norte-americano não decepcionou os fãs em seu retorno.

O Lakers venceu por 103 a 101 o seu duelo contra o Clippers, destaque para LeBron James e Anthony Davis, o cestinha do jogo, com 34 pontos. A outra partida também teve show e muitos pontos. O Utah Jazz venceu o Pelicans, do italiano Nicolò Melli, por 106 a 104. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA