Caso Zanardi: Invasão de caminhão foi 'mínima', diz perícia

Peritos disseram que acidente 'não ocorreu por invasão da faixa'

Alessandro Zanardi sofreu um grave acidente durante um evento em Siena
Alessandro Zanardi sofreu um grave acidente durante um evento em Siena (foto: Ansa)
13:53, 20 JanROMA ZRS

(ANSA) - A perícia do grave acidente sofrido pelo ex-piloto italiano Alessandro Zanardi apontou que o caminhão envolvido no caso invadiu "minimamente" a pista onde estava o campeão paralímpico.

A investigação ainda sustenta que a invasão do veículo foi "inferior a 40 centímetros", quantidade considerada "mínima" pelas autoridades italianas.

A documentação, que foi analisada pelo Ministério Público, aponta que o "acidente ocorreu não por invasão da faixa" pelo caminhão, mas pela "presença" do veículo.

Os peritos disseram que Zanardi "alargou a curva e se aproximou da linha que separa as faixas".

Nas próximas semanas está prevista para acontecer a decisão do MinistérIo Público sobre a posição do caminhoneiro em relação a um possível pedido de indiciamento.

Zanardi, de 54 anos de idade, foi transferido em novembro para um hospital de Pádua para seguir com seu tratamento de reabilitação. O ex-piloto passou por várias cirurgias de reconstrução neurológica e facial devido aos ferimentos sofridos na colisão com um caminhão durante um evento de paraciclismo.(ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA