Justiça reduz pensão de ex-mulher de Berlusconi

A Justiça italiana reduziu para 1,4 milhão de euros a pensão que Veronica Lario recebe.

Ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi ao lado de sua ex-mulher Veronica Lario
Ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi ao lado de sua ex-mulher Veronica Lario (foto: Ansa)
14:11, 22 OutROMA ZBF

(ANSA) - A Justiça italiana reduziu para 1,4 milhão de euros (o que corresponde a R$ 140 mil ao dia) a pensão mensal que o ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi deve pagar à sua ex-mulher Veronica Lario.

Segundo divulgou hoje o jornal Corriere della Sera, a redução foi estabelecida em julho pelo Tribunal de Monza, no qual Berlusconi deu início recentemente a um processo de divórcio.

Um Tribunal de Milão havia estabelecido uma pensão de 3 milhões de euros quando o casal abriu um processo de separação não consensual, em maio de 2009, após 22 anos de casamento.

Segundo fontes locais, o divórcio poderia sair em alguns meses, abrindo caminho para a namorada de Berlusconi, Francesca Pascale, realizar seu sonho: casar-se com o ex-premier, segundo ela mesma confessou em entrevista à revista Vanity Fair.

Veronica decidiu se separar de Berlusconi após vir à tona que o ex-premier comparecera à festa de aniversário da jovem Noemi Letizia. Na época, em declarações à imprensa, Lario afirmou que aquele fato teria sido "a gota d'água", já que o ex-premier não participava das comemorações dos próprios filhos. Dos cinco filhos de Berlusconi, Lario é mãe de três -- Barbara, Eleonora e Luigi. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en