Grillo volta a pedir impeachment de Napolitano

O comediante e líder do M5S afirmou que 2013 será o último ano do presidente italiano no poder.

O comediante Beppe Grillo lidera uma das maiores bancadas do Parlamento da Itália
O comediante Beppe Grillo lidera uma das maiores bancadas do Parlamento da Itália (foto: ANSA)
20:00, 26 DezROMA ZLR

(ANSA) - Em um texto publicado em seu blog, o comediante Beppe Grillo, líder do Movimento 5 Estrelas (M5S), uma das principais forças políticas do Parlamento italiano, afirmou que esse será o último ano de Giorgio Napolitano como presidente do país. "Em janeiro o espera um pedido de impeachment", afirmou.
    Segundo o humorista, esse será um "ato de amor" para permitir que o chefe de Estado possa aproveitar um "merecido repouso com a sua família e passar dias tranquilos ao lado de velhos amigos".
    Os ataques de Grillo a Napolitano começaram em outubro, após o presidente pedir anistia e indulto para presidiários por conta das péssimas condições dos centros de detenção do país, o que foi interpretado pelo M5S como uma atitude para livrar o ex-premier Silvio Berlusconi da cadeia. Desde então, o comediante já anunciou que vai entrar com um processo de impeachment em várias ocasiões. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en