40% dos jovens italianos estão sem emprego

Pessoas com menos de 25 anos estão fora do mercado de trabalho

Trabalhadores em busca de emprego na Itália
Trabalhadores em busca de emprego na Itália (foto: ANSA)
20:38, 03 SetPARIS ZGT

(ANSA) - O desemprego entre os jovens com menos de 25 anos em 2013 ficou em 40% na Itália, apontou a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico na Europa (Ocde) em relatório nesta quarta-feira (03).

 

A entidade ainda afirmou que o desemprego continuará crescendo no país em 2014, subindo para 12,9% contra 12,6% em 2013. A Ocde estima que só em 2015 haverá uma leve queda nesses dados para 12,2%.

 

Além de não ter emprego, 52,5% dos jovens até 25 anos tiveram contratos de trabalhos precários no ano passado, com constantes ameaças de perda de emprego ou salários muito baixos e instáveis. O estudo também mostrou que nessa faixa etária, 36,3% dos italianos ficaram no emprego menos de um ano - percentual que aumenta para 40,2% entre as mulheres até 25 anos.

 

Considerando todos os trabalhadores, a taxa de contratos de emprego precários é de 70%, "uma das mais elevadas da Ocde". A entidade ainda divulgou que em sua área de atuação, "cerca de 45 milhões de pessoas estão sem trabalho, 11,9 milhões a mais que os primeiros anos de crise".

 

A Itália, assim como outras economias europeias, enfrenta uma crise econômica há mais de sete anos. Segundo dados do Instituto de Estatísticas Italiano (Istat), 10 milhões de pessoas vivem em condições de pobreza no país. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA