Menino de 14 anos é atacado e está em estado grave

Jovem sofreu provocações e depois foi agredido com compressor

Compressor de ar usado contra o garoto de 14 anos, internado em estado grave, em Nápoles (foto: ANSA)
13:03, 10 OutNAPOLI ZAR

(ANSA) - Por ser gordo, um jovem de 14 anos foi atacado por três pessoas, nesta quarta-feira (8), em Nápoles. Durante o ataque, eles abaixaram a calça do menino e usaram um compressor de ar e causaram graves ferimentos em seu intestino.


    Um homem de 24 anos foi detido e mais duas pessoas, denunciadas.


    O jovem está em estado grave. Ele passou por cirurgia para tratar de perfuração no cólon e corre risco de vida por ter perdido muito sangue.


    Segundo as investigações da polícia, o ataque ocorreu em um posto de lavagem para veículos, no bairro Pianura, em Nápoles.


    Três homens de 24 anos, com as iniciais V.I, A.D. e V.E., que trabalhariam no local, começaram a provocar o jovem, por ser gordo. Depois das provocações, um deles abaixou a calça do garoto e teria pego um compressor para feri-lo gravemente.


    V.I. foi detido e acusado de tentativa de homicídio. Os outros homens foram liberados, mas serão acusados como cúmplices.


    Família pede justiça - "Estamos arrasados e esperamos que os responsáveis sejam punidos", afirmou uma tia do jovem, no hospital San Paolo, onde o garoto está internado. "Quero crer que estas pessoas não sabiam o que estavam fazendo", disse.


    A mãe do jovem ferido não acredita que o incidente tenha sido uma tentativa de brincadeira. "São covardes e sem coração. Uma brincadeira? Se queriam brincar, poderiam usar um balde de água. Mas quase o mataram", disse.


    Senadores se manifestam - "É uma ação bárbara, fruto de uma cultura machista e violenta que vai além do bullying, também porque foi realizada por adultos conscientes", comentaram os senadores do Partido Democrático, Rosaria Cappachione e Sergio Lo Giudice.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA