PCC e máfia italiana atuaram juntos no tráfico de cocaína

PF monitorou relações entre os dois grupos criminosos

Cocaína da Bolívia era transportada para a Europa através do Porto de Santos
Cocaína da Bolívia era transportada para a Europa através do Porto de Santos (foto: EPA)
14:14, 04 NovSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - Uma denúncia do Ministério Público Federal (MPF) relacionou o grupo criminoso Primeiro Comando da Capital (PCC) com a máfia da Calábria, a 'ndrangheta, segundo publicação do jornal O Estado de São Paulo. A associação seria para o tráfico de cocaína da Bolívia, que chegaria à Europa através do Porto de Santos.

 

Segundo o jornal, essa é a primeira vez que a 'ndrangheta é citada após a realização da Operação Oversea, em março, que é considerada a maior operação antidrogas realizada no Brasil em 2014. Os nomes dos envolvidos não foram anunciados, apenas que eles foram presos com R$ 230 mil relativos ao embarque de 56 quilos da droga.

 

A Polícia Federal de Santos vinha monitorando as relações entre a máfia da Calábria e o PCC há mais de um ano. Na Itália, o monitoramento foi feito pela Direção Central para Serviços Antidroga, que é ligada ao Ministério do Interior. A Cooperação entre os dois países foi feita pelo Departamento Antidrogas dos Estados Unidos. De acordo com o Estadão, a droga foi apreendida ainda no Brasil, antes da Oversea ser realizada. (ANSA0

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA