'Me jogam ovos? Faço crepes', diz Matteo Renzi

Premier italiano foi alvo de protestos e ovadas durante evento

Matteo Renzi discursou em assembleia de prefeitos italianos
Matteo Renzi discursou em assembleia de prefeitos italianos (foto: ANSA)
07:58, 07 NovROMA ZLR

(ANSA) - O primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, brincou nesta quinta-feira (6) com as ovadas que tentaram lhe acertar e com os protestos que tem enfrentado nas últimas semanas.
    "Me jogam ovos? Estou pronto para fazer crepes", declarou o premier, que discursou em uma assembleia da Associação Nacional das Prefeituras Italianas (Anci) em Milão. Pouco antes, na cidade de Vimercate, ele participara da inauguração de uma unidade do grupo de telecomunicações Alcatel-Lucent.
    Na ocasião, Renzi entrou por uma porta lateral, mas manifestantes atiraram ovos contra os carros que levavam sua equipe, pensando se tratar do primeiro-ministro. "Quando há uma crise, o premier deve ser como um prefeito, não como um coelho.
    Não deve escapar, mas sim colocar-se em jogo", acrescentou. O chefe do governo italiano tem sido alvo de protestos de sindicalistas, da oposição e até mesmo de uma minoria do seu próprio partido por querer flexibilizar a legislação trabalhista do país. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA