Moradores atacam Centro de Imigrantes em Roma

Local foi alvo de ataques por duas noites e polícia isolou área

Moradores de Tor Sapienza acusam aumento de violência, após chegada de imigrantes
Moradores de Tor Sapienza acusam aumento de violência, após chegada de imigrantes (foto: ANSA)
09:01, 12 NovROMA ZAR

(ANSA) - Um Centro de Assistência a imigrantes no bairro de Tor Sapienza, em Roma, foi alvo do segundo dia de protestos violentos, nesta terça-feira (11). Cerca de cinqüenta pessoas tentaram invadir o local e entraram em confronto com a polícia.


    O centro foi atingido por bombas caseiras. Houve reação por parte das pessoas dentro do centro, que também atiraram objetos no grupo. Caixas de lixo foram queimadas e veículos danificados. Duas pessoas ficaram feridas, entre elas, um policial.


    Protestos - Na noite da última segunda-feira (10), dezenas de pessoas protestaram contra a presença do Centro de Assistência.

     Durante a manifestação houve violência e um cordão policial foi feito ao redor do local. Na tarde desta terça-feira, centenas de moradores se reuniram no local para conversar com representante da prefeitura. Parte dos moradores é contra a instalação do centro e acusam o aumento da violência em Tor Sapienza, após a chegada dos imigrantes. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA