Comissão da UE aprova a Lei de Estabilidade italiana

Comissão desistiu de abrir procedimento contra a Itália

Sede da Comissão Europeia em Bruxelas
Sede da Comissão Europeia em Bruxelas (foto: Ansa)
08:00, 26 FevROMA ZGT

(ANSA) - A Comissão Europeia decidiu não abrir um procedimento contra a Itália após a análise da Lei de Estabilidade pelo Colégio dos Comissários.

 

Segundo documento divulgado nesta quarta-feira (25) , "os desequilíbrios ficaram inalterados, exigindo um monitoramento específico e ações políticas decididas", mas foram reconhecidos vários fatores relevantes.

 

Além da Estabilidade, a Comissão também aprovou a reforma trabalhista (Jobs Act) porque ela "faz mudanças decisivas na legislação de proteção do trabalho e nos benefícios para os desempregados para melhorar a entrada e a saída do mercado de trabalho".

 

A Lei de Estabilidade indica como a Itália irá respeitar as normas impostas pela União Europeia, como os limites de 3% e 60% do Produto Interno Bruto (PIB) para o déficit das contas do governo e a dívida pública, respectivamente. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA