Matteo Renzi divulga vídeo defendendo reforma na educação

Premier destacou que quer valorizar os professores

Em vídeo, Renzi explicou reforma e defendeu medida
Em vídeo, Renzi explicou reforma e defendeu medida (foto: ANSA)
19:50, 14 MaiROMA ZGT

(ANSA) - O primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, publicou um vídeo defendendo a reforma na educação e dizendo que está aberto a ouvir sugestões e críticas ao projeto - que será votado na próxima semana pelos parlamentares.

 

Na primeira parte da publicação, Renzi destaca que o objetivo da reforma é reduzir a taxa de desemprego entre os jovens, que passa dos 40% em grande parte do país. Para ele, a medida prevê uma maior integração dos dois setores já que serão oferecidos cursos profissionalizantes para quem estiver próximo a deixar os bancos letivos.

 

Outro ponto abordado pelo premier foi a questão dos salários dos professores. "Daremos mais dinheiro para quem ensina e não menos. Não é só porque dali depende a autoridade social, mas porque é uma questão de justiça", destacou.

 

A reforma educacional, chamada de "Buona Scuola" (Boa Escola), está causando protestos da oposição na Câmara e no Senado, além de manifestações públicas de milhares de pessoas ligadas ao ensino.

 

Entre os pontos principais do projeto apresentado em setembro de 2015, está a contratação de 150 mil professores através de concursos públicos e o fim dos "professores suplentes" no país.

 

Além disso, já neste ano, está previsto um concurso para a contratação de 40 mil mestres para o triênio 2016-2019.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA