UE destina 2,4 bilhões de euros contra imigração

Dinheiro ajudará países a combaterem crise migratória

Immigrazione: sbarco Pozzallo, arrestato tunisino
Immigrazione: sbarco Pozzallo, arrestato tunisino (foto: ANSA)
08:01, 11 AgoBRUXELAS ZLR

(ANSA) - A Comissão Europeia aprovou nesta segunda-feira (10) a destinação de 2,4 bilhões de euros para programas de combate à imigração ilegal nos seus Estados-membros até 2020.
    O dinheiro sairá do Fundo de Integração, Asilo e Imigração (Amif, na sigla em inglês) e do Fundo de Segurança Interna (ISF) do bloco. Ao todo, serão beneficiados 23 projetos nacionais de nações que têm de lidar com altos fluxos migratórios, como Itália (558 milhões de euros) e Grécia (474 milhões de euros).
    Apenas nesta segunda, operações coordenadas pela Guarda Costeira italiana socorreram mais de 1,5 mil imigrantes no mar Mediterrâneo. Eles estavam em sete embarcações clandestinas que tinham partido da Líbia rumo ao país europeu. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA