Em novo vídeo, Estado Islâmico ameaça cristãos e Roma

Gravação é intitulada "Mensagem ao povo da cruz"

Imagem do novo vídeo divulgado pelo grupo Estado Islâmico (EI)
Imagem do novo vídeo divulgado pelo grupo Estado Islâmico (EI) (foto: ANSA)
19:17, 17 NovROMA ZLR

(ANSA) - Membros do Estado Islâmico (EI) publicaram na Internet um vídeo intitulado "Mensagem ao povo da cruz", no qual dizem que os cristãos "declararam guerra" ao grupo e que seu sangue "não será economizado".

 

Na foto que acompanha a gravação - que também celebra os atentados de Paris e o abatimento de um avião russo no Egito - é possível ver o Big Ben, em Londres; a Torre Eiffel, na capital francesa; e o Coliseu, em Roma. "As nações dos cristãos declararam guerra ao Islã e apoiam as políticas radicais islamofóbicas. O seu sangue não será economizado", afirmam os extremistas. O vídeo tem mais de quatro minutos e se destaca pela alta qualidade das imagens e montagens.

 

"Pensam que nos amedrontaram com sua reação [aos ataques em Paris]? Não, a esperávamos com impaciência", acrescentam os jihadistas, fazendo referência aos recentes bombardeios da França contra a cidade de Raqqa, capital do EI na Síria. Em suas gravações, o grupo costuma utilizar Roma como uma metáfora para a Igreja Católica, já que a capital italiana abriga o Vaticano.

 

Por outro lado, hackers do Anonymous disseram ter invadido e derrubado cerca de 5,5 mil perfis do Estado Islâmico no Twitter. Parte dos dados foi entregue ao Exército Livre da Síria, grupo que combate tanto o EI como o regime de Bashar al Assad. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA