Itália lança projeto cultural para integrar imigrantes

Logo do 'MigrArti' será criado por estudantes

Projeto cultural quer integrar os 'novos italianos' pela cultura (foto: AP)
20:43, 15 DezROMA ZGT

(ANSA) - O Ministério do Bens Culturais (Mibact) da Itália lançou nesta terça-feira (15) o projeto "MigrArti", que quer dar espaço às diferentes culturas dos imigrantes para favorecer a integração e a aceitação das pessoas.

 

Segundo o titular da pasta, Dario Franceschini, a medida dará 800 mil euros para eventos de cinema e de espetáculos em geral dos "novos italianos". O ministro ressaltou que esse é só um "primeiro passo" para a integração já que "não há nada pior do que não se abrir à diversidade".

 

Um dossiê com estatísticas sobre a imigração em 2015, elaborado pelo Centro de Estudos e Pesquisas Idos, aponta que há mais de cinco milhões de estrangeiros morando na Itália, o que representa 8,2% da população. O dado mostrou um crescimento com relação ao ano de 2013, quando começou a aumentar o fluxo imigratório para o país através do Mar Mediterrâneo.

 

De acordo com uma nota do Mibact, "a difícil situação no Mediterrâneo e do oriente próximo faz com que essa tendência permaneça constante no médio prazo, fazendo com que a imigração seja um fenômeno cada vez mais importante".

 

Dados da Organização Internacional para as Migrações apontam que mais de 924 mil pessoas atravessaram o Mar Mediterrâneo para alcançar o continente europeu do início do ano até o dia 11 de dezembro. Destes, mais de 148 mil pessoas foram à Itália. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA