Berlusconi promete ir às ruas por vitória em eleições

Itália terá pleito municipal em mais de 1,3 mil cidades em 2016

Silvio Berlusconi participa de reunião com senadores do Forza Italia
Silvio Berlusconi participa de reunião com senadores do Forza Italia (foto: ANSA)
19:59, 14 JanROMA ZLR

(ANSA) - Com a Itália a poucos meses de realizar eleições municipais em mais de 1,3 mil cidades, incluindo Roma, Nápoles, Milão e Turim, o ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi parece cada vez mais disposto a sair às ruas para garantir que sua legenda, o conservador Forza Italia (FI), derrote o centro-esquerdista Partido Democrático (PD), do premier Matteo Renzi.

 

Em uma reunião com membros do FI na última quarta-feira (13), o ex-Cavaliere disse que, com sua ajuda, a sigla pode superar a barreira de 42% dos votos nos principais municípios, o que garantia vitórias já no primeiro turno.

 

"Unidos estamos em vantagem, mas teremos dificuldade em um segundo turno. No entanto, com Berlusconi em campo, podemos superar os 42%. Sem Berlusconi, o FI cairia e ficaríamos de fora da disputa", declarou.

 

Nas eleições regionais de 2015, o ex-primeiro-ministro já havia participado ativamente da campanha de seu partido, principalmente porque tinha terminado de cumprir sua pena de um ano de serviços sociais por conta de uma condenação por fraude fiscal.

 

Na época, ele protagonizou situações no mínimo curiosas, como ter participado do comício de um candidato de esquerda por engano, tropeçado no palco durante um evento e feito "chifrinho" em uma criança que queria tirar uma selfie com ele. Apesar disso, o PD venceu na maioria das regiões.

 

O próprio Berlusconi não pode concorrer a nenhum cargo público, já que está inelegível até 2019 por conta de sua condenação por fraude, sentença que culminou também na cassação de seu mandato de senador.

 

As eleições municipais de 2016 devem ocorrer entre abril e junho, em data ainda a ser definida pelo Ministério do Interior. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA