Calábria é governada pela 'ndrangheta, diz procurador

Crime organizado segue "passo a passo" tudo o que acontece

Policiais contam dinheiro apreendido da 'ndrangheta
Policiais contam dinheiro apreendido da 'ndrangheta (foto: ANSA)
19:59, 19 MaiROMA ZLR

(ANSA) - Federico Cafiero De Raho, procurador-geral de Reggio Calabria, no sul da Itália, afirmou nesta quinta-feira (19) que a máfia 'ndrangheta continua governando a região da Calábria, que fica no bico da bota que define o mapa do país europeu.

 

O magistrado participou de um evento chamado "Sair da sombra", realizado na Câmara dos Deputados, em Roma, e afirmou que a organização criminosa calabresa controla "passo a passo" tudo o que acontece em uma das zonas mais pobres da nação.

 

"No porto de Gioia Tauro, porta de entrada na Itália para a cocaína, apreendemos uma tonelada da droga por ano, o que quer dizer que entram pelo menos 10 toneladas", declarou o procurador, que atua ativamente no combate à 'ndrangheta, máfia que, ao lado da siciliana Cosa Nostra e da napolitana Camorra, comanda o crime organizado italiano.

 

"A Calábria continua a ser governada pela 'ndrangheta", acrescentou, destacando que os mafiosos hoje estão disfarçados de comerciantes, advogados, empreendedores, pessoas que vestem "terno e gravata". Por outro lado, ele disse que as colaborações às investigações têm aumentado.

 

"As coisas estão mudando, as denúncias estão chegando. Em 2015, tivemos 13 colaboradores, um fato extraordinário. A 'ndrangheta vive sob o silêncio, e com o silêncio se tornou forte", declarou. Na Itália - e também no mundo -, a Cosa Nostra e a Camorra sempre receberam mais atenção, tanto da imprensa quanto da justiça, o que deu espaço para a máfia calabresa se fortalecer e lançar seus tentáculos em todo o planeta. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA