Mattarella participará de funeral solene de vítimas de terremoto

Assim como Mattarella, Renzi também viajará a Ascoli Piceno

Arquata del Tronto foi um das cidades mais atingidas pelo terremoto
Arquata del Tronto foi um das cidades mais atingidas pelo terremoto (foto: ANSA)
10:01, 26 AgoROMA E ANCONA ZGT

(ANSA) - O presidente da Itália, Sergio Mattarella, e o primeiro-ministro do país, Matteo Renzi, participarão da cerimônia solene do primeiro funeral de vítimas do terremoto que atingiu a região central do território na última quarta-feira (24).

 

O funeral das vítimas da cidade de Arquata del Tronto ocorrerá na comuna de Ascoli Piceno, em cerimônia religiosa que será realizada pelo bispo local, monsenhor Giovanni D'Ercole. Por causa do velório, Renzi decretou o sábado como um dia de luto nacional.

 

"Teria sido um sinal muito feio se o Estado não tivesse decidido fazer um funeral coletivo e solene para as vítimas do terremoto. As famílias já estavam querendo enterrar seus mortos", disse a presidente da Câmara dos Deputados, Laura Boldrini, ao confirmar a visita dos líderes italianos.

 

Antes de ir à cerimônia, Mattarella ainda visitará outras localidades atingidas pelo sisma na região de Lazio, entre as quais, a mais afetada delas, Amatrice. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA