Italiano M5S quer deixar grupo de eurocéticos

Medida causou críticas de principal aliado na UE, Nigel Farage

Italiano M5S quer deixar grupo de eurocéticos
Italiano M5S quer deixar grupo de eurocéticos (foto: ANSA)
16:01, 08 JanROMA ZGT

(ANSA) - O líder do partido Movimento Cinco Estrelas (M5S), o humorista Beppe Grillo, anunciou uma votação neste domingo (8) entre os membros da sigla para decidir se eles permanecem no grupo de eurocéticos na União Europeia ou mudam para outra vertente.

Atualmente, o M5S está no bloco EFDD ("Europe of Freedom and Direct Democracy"), que conta com os britânicos do Partido pela Independência do Reino Unido (Ukip) de Nigel Farage.

Segundo as opções disponibilizadas, os eurodeputados italianos poderiam permanecer no EFDD, se unir ao Alde ("Alliance of Liberals and Democrats for Europe") ou ao grupo Misto. Para Grillo, a mudança é necessária porque o EFDD "mudou sua natureza" e não corresponderia aos ideiais atuais do partido.

O líder do M5S afirma que a união com o Alde tornaria o bloco a "terceira força no Parlamento Europeu" e seu partido "teria um peso específico nas decisões que serão tomadas".

Farage ficou quieto e disse que "em termos políticos, seria completamente ilógico para os 5 Estrelas unirem-se ao grupo mais 'eurofanático' do Parlamento Europeu". Para o britânico, um dos maiores líderes do Brexit, o apoio do M5S ao Alde "não duraria muito".

O Movimento 5 Estrelas nasceu em 2009 e logo chacoalhou a política italiana, até então polarizada entre a centro-esquerda herdeira do Partido Comunista - hoje representada pelo Partido Democrático (PD), do primeiro-ministro Paolo Gentiloni - e a centro-direita liderada por Silvio Berlusconi.

Com um discurso crítico às legendas tradicionais, o movimento diz ser um "não-partido", não sendo "nem de direita nem de esquerda", e todas as posições importantes tomadas pelo M5S são votadas pelos seus militantes no blog do comediante. Além disso, a sigla se diz contra o euro, embora seja a favor da União Europeia.

Atualmente, é a maior força opositora ao governo da Itália. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA