Premier italiano sofre mal-estar e é internado em Roma

Paolo Gentiloni passou por cirurgia de angioplastia

Paolo Gentiloni foi internado logo depois de voltar de Paris (foto: AP)
16:01, 11 JanROMA ZLR

(ANSA) - O primeiro-ministro da Itália, Paolo Gentiloni, sofreu um leve mal súbito na noite da última terça-feira (10), ao retornar de uma visita oficial a Paris, na França, e foi internado no Hospital Policlínico Gemelli, em Roma.

O premier foi submetido a uma angioplastia - procedimento cirúrgico para desobstruir artérias - em um vaso periférico, mas passa bem e está acordado. Por enquanto, não está prevista a divulgação de boletins médicos sobre o estado de saúde de Gentiloni, que permanece na unidade de terapia intensiva (UTI) cardiológica do hospital.

No entanto, o premier usou as redes socias para dizer que já está bem e para agradecer os desejos de melhora da população italiana. "Obrigado pelo afeto e pelas felicitações. Médicos e funcionários sanitários foram ótimos. Estou bem. Logo volto ao trabalho", afirmou Gentinoli na sua conta no Twitter.

 

 

"Os nossos melhores desejos de pronta recuperação ao presidente do Conselho [dos Ministros] Paolo Gentiloni", diz uma nota do partido populista e antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S), principal força de oposição na Itália.

Já o líder do Força Itália (FI) - legenda de Silvio Berlusconi - na Câmara dos Deputados, Renato Brunetta, enviou um "abraço afetuoso" e desejou "boa sorte" ao primeiro-ministro. Gentiloni, 62 anos, tomou posse do governo italiano no último dia 12 de dezembro, após a renúncia de Matteo Renzi, derrotado em um referendo constitucional. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA